21 abril 2012

Um comentário:

  1. SER CRIANÇA

    Quero voltar a ser criança
    Correr pelos campos
    Sujar-me com a pureza da terra;
    Banhar-me nas águas da cachoeira
    Conectar-me com a linguagem do mundo
    Traduzindo-o em brincadeiras.

    Quero dialogar com a minha infância
    Descobrir-me em sua rebeldia oculta
    O cúmplice de uma revolta sem feridas

    E titubear sílabas de ordem.

    Quero voltar a ser criança
    Para reconhecer em cada rosto
    Um gesto de bondade.
    Caminhar pelas margens de um rio
    E medir seu mistério;
    Deixar que a chuva molhe minha alma
    Enquanto meu corpo sacia-se em liberdade...


    * Agamenon Troyan

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita. Registre-a, deixando seu comentário.

21 abril 2012

CHÁ COM POESIA CAIC Idalina de Carvalho

Um comentário:

  1. SER CRIANÇA

    Quero voltar a ser criança
    Correr pelos campos
    Sujar-me com a pureza da terra;
    Banhar-me nas águas da cachoeira
    Conectar-me com a linguagem do mundo
    Traduzindo-o em brincadeiras.

    Quero dialogar com a minha infância
    Descobrir-me em sua rebeldia oculta
    O cúmplice de uma revolta sem feridas

    E titubear sílabas de ordem.

    Quero voltar a ser criança
    Para reconhecer em cada rosto
    Um gesto de bondade.
    Caminhar pelas margens de um rio
    E medir seu mistério;
    Deixar que a chuva molhe minha alma
    Enquanto meu corpo sacia-se em liberdade...


    * Agamenon Troyan

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita. Registre-a, deixando seu comentário.